Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
Penápolis, 23 de abril de 2018
Data: 11/08/2017 Hora: 09:38:34
Câmara cobra retomada de terrenos sem construção de empresas no Parque Industrial

A Câmara Municipal de Penápolis defendeu segunda-feira, dia 7, a retomada de terrenos doados pela administração municipal desde 2007 no Parque Industrial e que não tiveram a construção de empresas. O assunto repercutiu a partir de requerimento apresentado pelo  vereador Francisco José Mendes, o Tiquinho (PSDB). O tucano  disse que com recuperação das áreas  poderá haver o repasse delas para de fato ter a concretização de novos investimentos no local  com geração de empregos e renda, o que ajudará em tantas demandas do poder público.

O vereador Rodolfo Valadão Ambrósio, o "Dr. Rodolfo" (PSD),  relatou que  quando o terreno é doado pelo município, o beneficiado tem obrigação de construir no Parque Industrial. "E a administração municipal tem poder para buscar a retomada do terreno não utilizado", considerou.

A vereadora Ester Sezalpino Mioto (PSD), aproveitou a discussão dos terrenos no Parque Industrial para cobrar sobre investimentos de R$ 200 da prefeitura, paralisados  com a Midori.

O vereador Carlão da Educação (PPS), reforçou que quem recebe doação de terreno no Parque Industrial tem obrigação de metas. "Temos que cobrar, fiscalizar para o atendimento".

O vereador Evandro Tervedo Novaes (DEM), falou  que Penápolis já perdeu empresas para Alto Alegre,  por falta de barracão e reiterou defesa por atenção para o caso de beneficiados que não dão efetividade no trabalho que deve ser realizado.

O vereador Pr. Bruno Marco (PSD), também combateu o não aproveitamento de terrenos no Parque Industrial. "Penápolis está com visão de crescimento e a cidade só cresce com geração de empregos".

Enviar esta notícia para um amigo

Reportar erro

Data: 11-08-2017 09:38:34