Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
Penápolis, 19 de abril de 2018
Data: 01/11/2017 Hora: 16:15:32
Câmara aprova empréstimo pela prefeitura para aquisição de veículos para Saúde e Obras

A Câmara Municipal de Penápolis aprovou segunda-feira, dia 30, projeto do Executivo com autorização para a prefeitura realizar empréstimo de até R$ 400 mil reais  através de  programa do governo de  São Paulo. Os recursos deverão ser investidos na compra de uma van para transporte de pacientes  do SUS e um caminhão  basculante para atendimento à Secretaria Municipal de Obras. O empréstimo ocorrerá pela Agência de Fomento do Estado de São Paulo (Desenvolve SP), com taxa de juros de financiamento de 9,5% ao ano. Na discussão do projeto, o vereador Evandro Tervedo Novaes (DEM), questionou o prazo de 72 meses para pagamento pela administração municipal, de forma a ir além do período do atual mandato do prefeito. "É uma despesa que vai ficar também para o próximo prefeito. Minha sugestão é pelo adiamento da votação para verificação dessa questão e de orçamento".

O vereador Carlos Alberto Soares da Silva, o "Carlão da Educação" (PPS),  reiterou que   o empréstimo pela prefeitura proporcionará melhoria da frota de veículos da administração municipal. "O município terá carência de 6 meses para começar a pagar e é para renovação de frota. Não é surpresa para ninguém a necessidade do investimento".

O vereador Adalgiso do Nascimento, o Ziza (PMDB), destacou que o empréstimo tomado pela prefeitura com o governo estadual é facilitado. "Trata-se de medida para melhoria do atendimento à população".

A vereadora Ester Sezalpino Mioto (PSD),  apoiou pedido de adiamento da votação do projeto, requerido pelo vereador Evandro Tervedo. "Precisamos verificar também quantas ambulâncias foram conseguidas recentemente, quantas foram adquiridas e a demanda total".

O vereador Nardão Sacomani (DEM), relatou  renovação de frota em andamento pela prefeitura e reforçou as condições facilitadas para o empréstimo.

O vereador Francisco José Mendes, o Tiquinho (PSDB), acrescentou que com pagamento em dia, a prefeitura pode conseguir até juro zero no acordo.

O vereador Rodolfo Valadão Ambrósio, o "Dr. Rodolfo", apoiou pedido para aprofundamento de estudos sobre parte do pagamento do empréstimo ficar para o próximo prefeito. Ao final, o projeto foi aprovado por unanimidade.

Enviar esta notícia para um amigo

Reportar erro

Data: 01-11-2017 16:15:32